Canto da Galera

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Crase



As informações sobre a crase completam o estudo de alguns casos de regência, aqueles em que verbos transitivos indiretos e alguns nomes exigem o uso da preposição a.

1. Crase: é a junção da preposição “a” com o artigo definido “a(s)”, ou ainda da preposição “a” com as iniciais dos pronomes demonstrativos aquela(s), aquele(s), aquilo ou com o pronome relativo a qual (as quais). Graficamente, a fusão das vogais “a” é representada por um acento grave, assinalado no sentido contrário ao acento agudo: à.

- Veja os exemplos a seguir:

a) É hora de ir à escola

Observe que a regência do verbo ir exige a preposição a: Quem vai, vai... a algum lugar. 
Ao mesmo tempo, escola é precedida pelo artigo definido a.


b) Os estudantes estavam fazendo comentários sobre um livro de poemas. Referiam-se àquele livro recomendado pelo professor de Português.

  quem refere, se refere a alguém ou a alguma coisa = referiam-se a + aquele livro.

c)  Prefiro isto àquilo.

  quem prefere, prefere uma coisa à outra = prefiro a + aquilo

2. Nas locuções prepositivas adverbias, prepositivas e conjuntivas femininas em que aparece a ou as. Nesse caso, não há fusão de duas vogais, mas o acednto grave é usado por motivos de clareza.

- Veja:

Às vezes parece que ninguém me vê...


- Veja outros exemplos de locuções:

  •  adverbiais:

à toa              à noite             à tarde
  •   prepositivas: 

em frente à           à procura de

  •  conjuntivas:

à medida que         à proporção que 


IMPORTANTE:  Se a crase é o fenômeno resultante da fusão da preposição a ( com excessão das locuções acima), é claro que ela ocorrerá normalmente diante de palavras femininas, desde que precedidas de artigo.


 3. Nas expessões à moda de, á maneira de, mesmo quan do subentendidas.

Veja:

 Meu prato preferido é arroz à grega com bife à milanesa.


4.  Nas expressões que indicam horas.


Exemplo: Sairei às duas horas da tarde.


Como saber se devo empregar a crase? 


Uma dica é substituir a crase por “ao”, caso essa preposição seja aceita sem prejuízo de sentido, então com certeza há crase.

Veja alguns exemplos: Fui à farmácia, substituindo o “à” por “ao” ficaria Fui ao supermercado. Logo, o uso da crase está correto.

Outro exemplo: Assisti à peça que está em cartaz, substituindo o “à” por “ao” ficaria Assisti ao jogo de vôlei da seleção brasileira.


Casos em que não ocorre a crase:
  •  Diante de verbo:
 Quero ser o primeiro a chegar.

  • Diante de substantivo masculino:
 Gosto de sair e passear por aí a pé.

  • Diante de artigo indefinido:
  O desejo da ave de ser a primeira a chegar a levou a uma solução inusitada.
  •  Diante de um pronome pessoal ( reto, oblíquo e de tratamento):
 Eu tentei mostrar a ela todo o meu amor, toda minha devoção: de nada valeu.




  Exercícios sobre crase:

1- Use o acento grave  (`) onde ocorre crase:

a) Os alunos saíram a procura de livro recomendado pelo professor.
b) As vezes, canto para não chorar.
c) As crianças estavem ansiosos para ir a festa
d) Gosto de andar a cavalo.
e) Foi entregue um pacote aquele senhor.
f) Solicitamos a V. Exa. providências imediatas.

 
2- O Ministro informou que iria resistir _____ pressões contrárias _____ modificações relativas _____ aquisição da casa própria.
a) às - àquelas _ à 
b) as - aquelas - a 
c) às àquelas - a 
d) às - aquelas - à 
e) as - àquelas - à

3- A estrela fica _____ uma distância enorme, _____ milhares de anos-luz, e não é visível _____ olho nu.
a) a - à - à 
b) a - a - a 
c) à - a - a 
d) à - à - a 
e) à - a - à

4- Aquela candidata _____ rainha de beleza, quando foi _____ televisão, pôs-se _____ roer as unhas.
a) à - à - a 
b) à - a - à 
c) a - a - à 
d) à - à - à 
e) a - à - a

5- Faltou _____ todas as reuniões e recusou-se _____ obedecer _____ decisões da assembléia.
a) a - a - as 
b) a - a - às 
c) a - à - às 
d) à - a - às 
e) à - à – às




Gabarito das questões 1 a 5.

1. a) à procura,  b) Às vezes , c)  à  festa, e) àquele

  2 A / 3 B / 4 E / 5 B

Nenhum comentário:

Postar um comentário